Tipos de Benefícios do Bolsa Família

Os tipos de benefícios do Bolsa Família que são disponibilizados são diversos e têm como objetivo atender às muitas características das famílias que necessitam de atenção. Um desses detalhes é o número de crianças que cada família pode agregar ao benefício.
Conheça os critérios e características de cada tipo de programa social.Benefícios do Bolsa Família

Quais os benefícios do Bolsa Família

O básico do programa Bolsa Família, é um determinado valor de acordo com a renda mensal por pessoa, que é definido pelo programa. Há também o benefício variável que contempla as crianças de acordo com a idade de cada uma como o variável jovem que é para os filhos de 16 e 17 anos. E também o benefício para superação da extrema pobreza.

As gestantes possuem benefício especial?

Publicidade

Se na família que está sendo atendida pelo Bolsa Família tiver alguma gestante, que esteja realizando o acompanhamento médico corretamente, poderá receber o benefício variável especial a gestante. A gestante receberá até 9 parcelas, desde a primeira, até o nascimento do bebê.

O recém-nascido já pode obter o Bolsa Família?

De 0 a 6 meses de idade, a criança pode obter, entre os benefícios do Bolsa Família, o benefício variável Nutriz, que complementa o bolsa família até que a criança atinja os 6 meses de idade. Para isso a criança deve, além de estar inscrita no Cadastro Único, deverá estar com todas as consultas médicas e vacinas devidamente em dia.

Quais os outros benefícios do?

Quando na família tem crianças, adolescentes e jovens de 0 a 17 anos, que estejam inscritas no Cadastro Único, podem ter acesso a outros benefícios, que vamos conhecer agora sobre eles.

Os adolescentes tem um auxílio específico?

Além dos benefícios do Bolsa Família, variáveis ou não, que já citamos, há também um específico para as crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade. Esse benefício visa, além de manter as vacinações e o acompanhamento médico na infância, combatendo a mortalidade infantil. Mas também exigindo uma frequência escolar mínima.

Tipos de benefícios

Saiba quais são os benefícios liberados pelo programa:

    • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: o limite por família é de apenas um por mês, sendo que o valor não é fixo e o critério para cálculo do valor é a renda da família, por pessoa;
    • Benefício Básico: destinado às famílias em que a renda mensal por pessoa não ultrapassa R$ 85,00 (famílias em situação de extrema pobreza) e o valor é de R$ 85,00;
    • BVJ – Benefício Variável Jovem – o BVJ, no valor de R$ 46,00, beneficia famílias com adolescentes entre 16 e 17 anos, até o limite de 2 por família em situação de pobreza ou extrema pobreza.
    • Benefício Variável: esse benefício é concedido até o limite de 5 por família, com valor de R$ 39,00 por benefício, e se divide em:
  1. Benefício Variável a partir de 0 até 15 anos de idade: famílias que possuam crianças e adolescentes de zero a 15 anos de idade são as candidatas a esse benefício que tem o valor R$ 39,00;
  2. BVG – Benefício Variável à Gestante: para famílias que tenham gestante em sua composição, esse benefício é de R$ 39,00 e é concedido durante a gravidez, em até nove parcelas consecutivas, a partir do início do pagamento do benefício, desde que a gravidez seja identificada até o nono mês;
  3. BVN – Benefício Variável Nutriz: ​para famílias que possuam crianças com idade entre 0 e 6 meses, esse benefício, de R$ 39,00, tem até seis parcelas mensais consecutivas a partir do início do pagamento do benefício, desde que a criança tenha sido cadastrada no Cadun até o sexto mês de vida.

Qual o limite de recebimento desse benefício?

As famílias, mesmo que tenham em sua moradia mais do que 5 crianças e adolescentes, só poderão receber 5 vezes o auxílio do governo destinado a membros entre zero e quinze anos. Isso visa com que não se conceda auxílios muito grandes a algumas famílias e assim permite que mais famílias possam ser contempladas com o programa.

Benefício diferenciado para os jovens

Para o programa, os jovens que tem 16 ou 17 anos, tem direito ao benefício variável jovem, que tem um valor maior que o anterior, porém há um limite de no máximo 3 auxílios jovens por família.