Auxílio Emergencial Coronavírus – como receber o benefício

Auxílio Emergencial Coronavírus – O Auxílio Emergencial Coronavírus foi aprovado pelo Congresso e agora começa a mobilização a nível nacional para que quem tem direito a receber essa assistência. Alguns detalhes ainda precisam ser ajustados, mas os valores, quem poderá receber e como se candidatar ao auxílio já está certo. O calendário de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial pode ser acessado por aqui.

O projeto do auxílio emergencial coronavírus foi aprovado e agora depende de sanção presidencial, que deve acontecer nos próximos dias. Há urgência e o governo tem agido no sentido de facilitar a resolução dos problemas causados pela pandemia global do coronavírus. Abaixo você tem mais informações sobre o Auxílio Emergencial Coronavírus.

Publicidade

auxilio-emergencial-coronavoucher

Auxílio Emergencial Coronavírus – saiba se você tem direito a receber

O auxílio emergencial coronavírus será de R$ 600,00 por pessoa. O valor limite, por família, é de R$ 1.200,00. Nesse primeiro momento, o auxílio, apelidado por alguns de coronavoucher, é destinado a atender:

  • quem recebe o Bolsa Família;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.135);
  • Família com renda per capita (por membro da família) de até meio salário mínimo (R$ 522,50);
  • Quem não precisou fazer a declaração do Imposto de Renda em 2018 (quem teve renda tributável menor do que 28.559,70 reais);
  • o microempreendedor individual MEI;
  • Quem entrou com o BPC-LOAS no INSS e ainda não teve o pedido analisado poderá receber o auxílio como adiantamento do BPC até que ele seja avaliado e aprovado;
  • desempregados com mais de 18 anos que se enquadrem nos critérios do CadÚnico (Cadastro Único);
  • trabalhadores informais e
  • autônomos que recolhem o INSS.

A medida já havia sido divulgada, mas os valores eram da ordem de R$ 200,00. Agora, como o avanço da pandemia e com a prorrogação do período de isolamento, o governo ampliou o número de pessoas que poderão receber o auxílio e aumentou o valor que será pago.

Publicidade

Baixar aplicativo coronavoucher

Você precisa baixar o aplicativo coronavoucher e fazer o cadastro para acessar o benefício. Você também pode fazer o cadastro através do site da Caixa.

Calendário de Pagamento Coronavoucher – datas de pagamento para quem recebe o Bolsa Família

Se você se tem direito a receber o coronavoucher, confira abaixo o calendário de pagamento:

Publicidade

Quem já recebe o Bolsa Família, recebe o benefício em abril, maio e junho, nos mesmos dias em que receberia normalmente do Bolsa Família;

Calendário de Pagamento Coronavoucher – datas de pagamento para quem é inscrito no Cadastro Único

Quem tem direito ao coronavoucher, se inscreveu no Cadastro Único até 20 de março mas não recebe Bolsa Família e tem conta poupança na Caixa ou conta no Banco do Brasil, receberão o crédito de forma automática. Quem não possui conta no Banco do Brasil ou na Caixa, receberá através de poupança social digital da Caixa. Essa conta será criada automaticamente e não terá custo para o beneficiário.

Publicidade
  • Primeira parcela: Quem tem conta no Banco do Brasil ou na Caixa, receberá em até dois dias úteis após o recebimento da base pela Dataprev. A previsão de pagamento da primeira parcela é até quinta-feira. Para quem receberá pela poupança social digital da Caixa, em até três dias úteis após o recebimento da base pela Dataprev;
  • Segunda parcela: será paga entre os dias 27 e 30 de abril, de acordo com a data de nascimento. Quem nasceu em janeiro, fevereiro ou março, receberá no dia 27; quem nasceu em abril, maio ou junho, receberá no dia 28; quem nasceu em julho, agosto ou setembro, receberá no dia 29; e quem nasceu em outubro, novembro ou dezembro, receberá no dia 30;
  • Terceira parcela: será paga entre os dias 26 e 29 de maio, de acordo com a data de nascimento do beneficiário. Quem nasceu em janeiro, fevereiro ou março, receberá no dia 26; quem nasceu em abril, maio ou junho, receberá no dia 27; quem nasceu em julho, agosto ou setembro, receberá no dia 28; e quem nasceu em outubro, novembro ou dezembro, receberá no dia 29.

Calendário de Pagamento Coronavoucher – datas de pagamento para quem fez inscrição no aplicativo ou site mas não está no Cadastro Único

Quem se enquadra nos requisitos mas não está inscrito no CadÚnico deve fazer a autodeclaração disponível no aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial ou no site auxílio.caixa.gov.br ou . Caso você seja aprovado para receber o auxílio emergencial coronavoucher poderá receber na conta de qualquer banco. Para isso, você deverá indicar, no momento do cadastro, a conta que deseja receber. Caso não indique a conta, receberá na poupança social digital Caixa, que será aberta automaticamente em seu nome, sem custos.

Publicidade

  • Primeira parcela: será paga em até três dias após a aprovação do cadastro feito no site ou no aplicativo. Os primeiros pagamentos estão previstos para serem feitos a partir da próxima terça-feira;
  • Segunda parcela: será paga entre os dias 27 e 30 de abril, de acordo com a data de nascimento. Quem nasceu em janeiro, fevereiro ou março, receberá no dia 27; quem nasceu em abril, maio ou junho, receberá no dia 28; quem nasceu em julho, agosto ou setembro, receberá no dia 29; e quem nasceu em outubro, novembro ou dezembro, receberá no dia 30;
  • Terceira parcela: será paga entre os dias 26 e 29 de maio, de acordo com a data de nascimento. Quem nasceu em janeiro, fevereiro ou março, receberá no dia 26; quem nasceu em abril, maio ou junho, receberá no dia 27; quem nasceu em julho, agosto ou setembro, receberá no dia 28; e quem nasceu em outubro, novembro ou dezembro, receberá no dia 29.

Mãe solteira tem benefício duplo automaticamente

Um detalhe bem importante sobre o auxílio emergencial pago pelo governo é que as mães solteiras receberão automaticamente o valor equivalente a 2 benefícios (R$1.200,00).

Auxílio Emergencial Coronavírus – como vou receber o benefício

A estimativa é que 120 milhões de brasileiros terão direito a receber o auxílio emergencial. Desses, aproximadamente 77 milhões já estão cadastrados no programa Bolsa Família, através do Cadastro Único. O governo deve optar pelo pagamento através do Bolsa Família devido ao alcance que o programa já tem.

Somente após o presidente assinar a proposta é que teremos certeza sobre como será pago o auxílio emergencial.

Benefício Emergencial Coronavírus – durante quanto tempo vou receber?

Durante 3 meses, no mínimo, quem cumprir os requisitos para receber o benefício receberá através do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. Os beneficiários receberão em contas específicas para esses pagamentos. Não serão exigidos documentos para receber o auxílio e as contas não possuirão taxas de manutenção.

As contas ainda permitirão que seja feita uma transferência por mês para outra conta bancária sem custo nenhum.

Fique atento às novidades em nosso site. Em breve publicaremos o calendário pagamento auxílio emergencial coronavírus.