Recadastramento do Bolsa Família

O recadastramento do Bolsa Família é considerado de extrema importância, isso garante que todas as famílias que já recebem o benefício possam continuar recebendo de forma justa e correta. O valor que cada família recebe é determinado com base na renda mensal por pessoa e pela idade de cada um.
Portanto, o recadastramento garante que se houve alguma mudança na família, esses dados sejam atualizados corretamente.Recadastramento do Bolsa Família

Recadastramento do Bolsa Família – quando fazer

Caso a sua família precise fazer o recadastramento do Bolsa Família, o Ministério do Desenvolvimento Social irá avisá-lo de duas maneiras. A primeira é através de carta, que chegará em sua casa e avisará sobre o recadastramento. A segunda é no momento do saque do benefício, no comprovante de pagamento emitido irá aparecer as palavras “Averiguação ou Revisão Cadastral”, que significam que é necessário o recadastramento também.

Onde eu posso fazer o meu recadastramento?

Publicidade

Para a realização do recadastramento é preciso comparecer ao CRAS mais próximo da sua cidade juntamente com o aviso solicitando o recadastramento e os documentos dos membros da sua família que são cadastrados no programa social.

Documentos necessários

Os documentos solicitados para o recadastramento são:

  • CPF;
  • RG;
  • Certidão de nascimento ou de casamento;
  • Comprovante de endereço;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS;
  • Comprovante de matrícula das crianças em idade escolar;
  • Cartão do Bolsa Família.

Basicamente, a documentação necessária é quase a mesma exigida quando a família entrou no programa Bolsa Família.

E se eu não fizer o Recadastramento?

Caso a família tenha sido informada por carta ou no comprovante de pagamento sobre a necessidade de fazer o recadastramento e não o fez o benefício do Bolsa Família pode ser bloqueado por tempo indeterminado. Por isso é importante estar atento e caso você não tenha sido avisado e mesmo assim tem dúvidas se precisa ou não fazer o recadastramento, procure o CRAS responsável da mesma forma, só assim você terá certeza e poderá ficar tranquilo.

Benefícios do recadastramento do Bolsa Família

O recadastramento é feito pelo governo, é obrigatório e visa atualizar a base de dados do programa, assim é possível identificar situações como, por exemplo:

  • mudança de endereço não informada;
  • aumento de renda;
  • perda de emprego de algum membro da família;
  • mudança de faixa etária de uma criança, enquadrando em outro tipo de benefício;
  • nascimento de um bebê, entre outros.

Esta é uma forma de garantir que ninguém receba o benefício de forma irregular e garantir que quem realmente precisa irá receber de forma justa.

Documentação Necessária

Agora que você conhece a importância do recadastramento, tenha sempre em mãos os documentos necessários e caso a sua família tenha sofrido alguma mudança no seu núcleo familiar procure a assistência do CRAS para saber como proceder e fazer o seu recadastramento de forma correta. Se você recebeu o aviso, é importante fazer o recadastramento antes do pagamento seguinte, pois o benefício pode ser bloqueado